Aprender

Aprenda melhor com a Técnica Feynman

Richard Feynman foi um gênio, ganhador do prêmio Nobel em 1965 por seu trabalho em eletrodinâmica quântica, dono de uma mente obcecadamente curiosa. Ele também foi um grande professor de ciências, admirado por sua impressionante facilidade em explicar complexos conceitos de forma simples. Como físico, trabalhou no projeto Manhattan, além de ter contribuído em diversos ramos da física como computação quântica, nanotecnologia e física de partículas.

Quando um ensina, dois aprendem – Robert Heinlein
Curioso, Feynman se esforçava para sempre chegar ao fundo de qualquer assunto que estivesse investigando. Ele costumava pedir que seus amigos matemáticos lhe explicassem  conceitos complexos usando uma linguagem simples para testar o entendimento deles. Muitas vezes depois de tais explicações Feynman era capaz de chegar às mesmas conclusões que seus amigos mesmo não tendo dedicado tanto tempo aos mesmos temas quanto eles.

A abordagem de Feynman para com seus amigos matemáticos acabou dando origem a uma técnica de auxílio ao aprendizado chamada “Técnica Feynman”.

Técnica Feynman

A aplicação da técnica pode te ajudar tanto a aprender coisas novas quanto a aprofundar o Richard P Feynmanentendimento daquilo que você já sabe.

Passos

  1. Primeiro escolha um tópico de seu interesse e, caso não saiba nada sobre ele, comece a estudar como você faria normalmente.
  2. Quando você achar que já sabe do que se trata o tópico, pegue um pedaço de papel e escreva sobre o assunto como se você o estivesse ensinando para outra pessoa. O ideal é escrever e falar ao mesmo tempo (como um professor faz ao usar o quadro negro). Ao tentar ensinar o assunto você vai perceber quais partes você já entende e quais lacunas você ainda tem.
  3. Estude os pontos que você não soube explicar para preencher as lacunas de seu conhecimento. Depois volte ao passo 2. Repita esse processo até que você já tenha conseguido explicar todo o assunto do início ao fim.
  4. Agora tente novamente “ensinar” o assunto mas, dessa vez, simplifique sua linguagem e/ou use analogias e desenhos para explicar o conteúdo. Se sua explicação ficar muito extensa ou confusa é sinal de que talvez você ainda não tenha dominado o assunto. Volte ao passo 3.

Conclusão

Se você não consegue explicar um conceito de maneira simples, é porque você ainda não o entendeu muito bem – Albert Einstein

Exercitar numa ideia tentando explicá-la faz com que essa técnica de suporte ao aprendizado seja muito efetiva. O uso de metáforas para explicar conceitos é particularmente proveitoso já que aumenta o número de “conexões neurais” para o conceito. Quando você for capaz de explicar uma ideia usando uma linguagem simples, é sinal que você a entendeu profundamente e lembrará dela por muito tempo.

  • Giancarlo

    Uma técnica interessante. Aliada a repetição espaçada pode se tornar extremamente poderosa para o aprendizado.

  • estevao

    Acredito que essa técnica seja intuitiva… eu uso essa tecnica há algum tempo, e aos que forem iniciar,,,, nao se enganem, nao é para aprender mais rápido, ela serve para não esquecer, o processo da aquisição do conhecimento pode ser feito com o uso dos mapas mentais, tecnica de Tony Buzam (nao lembro da grafia). O comentario do amigo Eder, abaixo é pertinente, aliando essa tecnica aos mapas mentais, e com a dica do amigo, não tenha duvida, o conhecimento impregnará-se tal qual o sangue que corre em suas veias. Ps. desculpem a falta de acentuação, teclado desconfigurado.

Publicidade

Comentários

Assine nossa newsletter!

...e ganhe um ebook gratuito! ebook_cover_180

Quer aprender mais rápido? Melhorar sua memória? Raciocinar melhor?

Receba dicas de como viver uma vida mais inteligente, ganhe acesso a nosso conteúdo exclusivo e ainda faça download gratuito de nossos ebooks! Seja bem vindo à comunidade maisinteligente :)

Pode ficar tranquilo: não compartilharemos seu email com ninguém!